Sites Grátis no Comunidades.net
VERDADEIRO LEVITA



 


O que é ser Levita?
Por James Clay


Salmos 134- Antes de começarmos o assunto, gostaríamos de fazer uma distinção que é muito necessária, ser músico cristão não significa ser Levita. Nem todo músico é Levita, mas todo Levita deve ser um bom músico.

O que é ser Levita?

Sua origem está na tribo de Levi, uma das doze(12) tribos de Israel, e esta tornou-se destacada entre as demais no episódio da idolatria do povo de Israel ao bezerro de ouro ( Ex.32:26), e a partir deste momento, esta família teve real importância na vida e no culto Israel.

Tal importância levou Moisés dedicar um livro do Pentateuco a esta tribo, o livro de Levíticos; tiveram uma missão de maior responsabilidade: cuidarem do Tabernáculo (Nm.1:49-54).

Nessa época a música não estava associada ao serviço do culto. O Levita auxiliava o Sacerdote no culto e nas obrigações do Tabernáculo: Levita auxilia no culto!!!

Foi Davi, quem agregou a música ao culto judaico, e separou dentre esta tribo os que eram hábeis e de vocação à ministrarem ao Senhor com instrumentos e com vozes. Em I Cr.23:13,26-32, encontramos uma descrição clara da missão do Levita e de sua função. No cap. 25:1 nos mostra como estavam agrupados estes Levitas para o serviço do culto.Observe o texto:

v.1- eram 03(três) os líderes deste ministério;
v.2- estavam todos sob uma liderança;
vs.2,6- tinham a missão de profetizarem através da música à casa de Israel;
vs.7,8- havia instrumentistas (mestres e discípulos) e um grande coral(mestres e discípulos), totalizando 288 mestres e 4.000 que tocavam e ministravam com cânticos ao Senhor.

Podemos, então, entender que Levita é alguém:

- que sabe SERVIR;
- que entende o seu papel e sua missão no culto(II Cr.3:3-14; 29:31; Ed.8:15-20);
- que sabe ser Adorador(Sl.134; 84:4).

Vocação.

Acredito que vocação é muito mais que simples aptidão ou dom natural. Ter talento para determinada função na vida e principalmente na Igreja, não representa, necessariamente, que isso seja vocação. Na verdade hoje enfrentamos uma certa crise no min. de louvor como um todo. Identificar realmente quem é vocacionado ao min. Levítico é um grande desafio. Vocacionado é ser separado por Deus à exercer determinada função, veja(Ef.4:11,12; At.13:1-3).

Uma grande verdade que precisamos concordar: “Deus não chama apenas os capacitados, mas capacita aos Seus vocacionados”.(Ex.35:30-36:1,2).

A Bíblia nos admoesta que é pecado alguém exercer o min. de Levita e Sacerdote que não tenha sido vocacionado a esta função, veja(I Rs.12:31-33;13:33-34).

Que possamos identificar em primeira instância alguns elementos importantes e básicos em nossa vocação:

- Não existe Vocação sem antes uma genuína Transformação e Regeneração do Espírito Sto. em nossas vidas. É necessário Nascer de Novo;

- Jesus nos chamou para sermos Discípulos e não adoradores profissionais.

Nossa missão é sermos discípulos do Bom Mestre. A adoração é conseqüência de uma vida de comunhão com o Mestre Jesus. Adorar é aprender com o Senhor no caminho, a isso, eu chamo de Vocação;
- Vocação é ter chamada Levítica, mas um coração Samaritano veja (Lc.10:32-35);

Aqui fica-nos o desafio de fazermos a diferença, em nosso ministério e em nossas vidas.


Em Cristo
James Clay
http://www.vidanovamusic.com
jamescley@hotmail.com

 

A IGREJA DE JESUS CARECE DE LEVITAS FIÉIS

Texto: Juízes 17 e 18

Aprendamos com os erros que o levita Jônatas, descendente de Gérson, filho de Moisés, cometeu:

 

1o.) A Igreja precisa de levitas submissos à vontade do Espírito Santo:

 Jz 17:8 “Este homem partiu da cidade de Belém de Judá para peregrinar onde quer que achasse conveniente. Seguindo ele o seu caminho...”

Jz 17:9 “E ele lhe respondeu: Sou levita de Belém de Judá, e vou peregrinar onde achar conveniente”.

 

A diferença para com os servos de Deus da Igreja de Antioquia: Atos 13:1-4

Ora, na Igreja em Antioquia havia profetas e mestres, a saber: Barnabé, Simeão, chamado Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes o tetrarca, e Saulo. (2) Enquanto eles ministravam perante o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: Separai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. (3) Então, depois que jejuaram, oraram e lhes impuseram as mãos, os despediram. (4) Estes, pois, enviados pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre.

 

Nadabe e Abiu, filhos de Arão, são exemplos de levitas rebeldes: Levítico 10:1 e 3

Ora, Nadabe e Abiu, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário e, pondo neles fogo e sobre ele deitando incenso, ofereceram fogo estranho perante o Senhor, o que ele não lhes ordenara. (2) Então saiu fogo de diante do Senhor, e os devorou; e morreram perante o Senhor.

 

Jz 18:3 tem as perguntas que os espiões da tribo de Dã fizeram ao levita.  Estas perguntas, se respondidas com sinceridade, desmascaram qualquer levita rebelde: “quem te trouxe para cá? Que estás fazendo aqui? O que é isto que tens aqui?”.

 

2o.) A Igreja precisa de levitas libertos do deus Mamon:

  Jz 17:10 “Então lhe disse Mica: fica comigo, e sê-me por pai e sacerdote; e cada ano te darei dez moedas de prata, o vestuário e o sustento. E o levita entrou”.

Jz 18:4 (aos espias da tribo de Dã) “Assim e assim me tem feito Mica; ele me assalariou, e eu lhe sirvo de sacerdote”.

Jz 18:18-20 (quando 600 homens de Dã vieram saquear a casa de deuses de Mica) “Quando eles entraram na casa de Mica, e tomaram a imagem esculpida, o éfode, os terafins e a imagem de fundição, perguntou-lhes o sacerdote: que estais fazendo?  (19) E eles lhe responderam: Cala-te, põe a mão sobre a boca, e vem conosco, e sê-nos por pai e sacerdote. Que te é melhor? Ser sacerdote da casa dum só homem, ou duma tribo e duma geração em Israel? (20) Então alegrou-se o coração do sacerdote, o qual tomou o éfode, os terafins e a imagem esculpida, e entrou no meio do povo”.

 

O plano de Deus era de que os levitas não fossem seduzidos pelas riquezas. Por isso eles não tiveram herança na divisão da terra, senão as 48 cidades onde habitar.

Josué 13:14 Tão somente à tribo de Levi não deu herança; as ofertas queimadas ao Senhor, Deus de Israel, são a sua herança, como lhe tinha dito. (33) Contudo, à tribo de Levi Moisés não deu herança; o Senhor, Deus de Israel, é a sua herança, como lhe tinha dito”.

 

Eis o ensino do apóstolo Paulo acerca das riquezas, em I Timóteo 6:7ss:

Porque nada trouxemos para este mundo, e nada podemos daqui levar; (8) tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes. (9) Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição. (10) Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

 

Jesus mesmo explicou sobre a impossibilidade de servir ao “senhor riquezas” em Mateus 6:24: Ninguém pode servir a dois Senhores; porque ou já de odiar a um e amar a outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas (ou Mamon).

 

3o.) A Igreja precisa de levitas arautos de Deus!

  Jz 18:5 e 6 “Então lhe disseram: Consulta a Deus, para que saibamos se será próspero o caminho que seguimos. (6) Ao que lhes disse o sacerdote: Ide em paz; perante o Senhor está o caminho que seguis”.

 

Jônatas, o levita rebelde, sabia que lucraria “profetizando” o que os homens queriam ouvir.

A pouco mencionei a Igreja de Antioquia, quando o Espírito Santo mandou aquela Igreja apartar a Barnabé e a Paulo para uma obra específica.  Pois bem, naquela primeira viagem missionária houve um fato que bem pode ilustrar o procedimento do verdadeiro levita fiel. Conforme Atos 14:8ss:

Em Listra estava sentado um homem aleijado dos pés, coxo de nascença e que nunca tinha andado. (9) Este ouvia falar Paulo, que, fitando nele os olhos e vendo que tinha fé para ser curado, (10) disse em alta voz: levanta-te direito sobre teus pés. E ele saltou, e andava. (11) As multidões, vendo o que Paulo fizera, levantaram a voz, dizendo em língua licaônica: fizeram-se os deuses semelhantes aos homens e desceram até nós. (12) A Barnabé chamavam Júpiter e a Paulo, Mercúrio, porque era ele o que dirigia a palavra. (13) O sacerdote de Júpiter, cujo  templo estava em frente da cidade, trouxe para as portas touros e grinaldas e, juntamente com as multidões, queria oferecer-lhes sacrifícios. (...) E dizendo isto, com dificuldade impediram as multidões de lhes oferecerem sacrifícios. (19) Sobrevieram, porém, judeus de Antioquia e de Icônio e, havendo persuadido as multidões, apredrejaram a Paulo, e arrastaram-no para fora da cidade, cuidado que estava morto. (20) Mas quando os discípulos o redearam, ele se leantou e entrou na cidade. No dia seguinte partiu com Barnabé para Derbe. (21) E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, Icônio e Antioquia (da Psídia).

 

O profeta Jeremias é um exemplo de verdadeiro levita profeta e das conseqüências que isto pode trazer. Jr 20:

Ora Pasur, filho de Imer, o sacerdote, que era superintendente da casa do Senhor, ouviu Jeremias profetizar estas coisas (inclusive com um ato profético de quebrar a botija – cap 19) (2) Então feriu Pasur ao profeta Jeremias, e o meteu no cepo que está na porta superior de Benjamim, na casa do Senhor. (...) (9) Se eu disser: não farei menção dele, e não falarei mais no seu nome, então há no meu coração um como fogo ardente, encerrado nos meus ossos, e estou fatigado de conte-lo e não posso mais. (10) Pois ouço a difamação de muitos, terror por todos os lados! Denunciai-o! Denunciemo-lo! Dizem todos os meus íntimos amigos, aguardando o meu manquejar; bem pode sr que se deixe enganar; então prevaleceremos contra ele e nos vingaremos dele. (11) Mas o Senhor está comigo como um guerreiro valente...!

 

Apresente-se ao serviço do Senhor com a disposição de cumprir exatamente os planos que Ele tem para sua vida.  Cumpra a vontade do Espírito Santo e não se deixe levar pelo amor ao dinheiro (cuide para que o espírito de sedução não conquiste seu coração, pois ele leva o crente a colocar a bênção acima do provedor da bênção). Disponha-se a ser nada mais do que um arauto do Rei Jesus. A Ele toda a glória!

 

Paulo Rogério Petrizi